domingo, 18 de novembro de 2007

Carta ao coronel

Portugal, 18 de Novembro de 2007

Boa noite coronel,

Enquanto que os meus dedos dedilham estas palavras, os meus pensamentos desejam encontrar-lhe a si e à sua esposa no pleno da vossa saúde física e mental.
Bem sei que estas minhas palavras não são as que esperava receber. Lamento que ao lê-las o seu rosto esmoreça com tamanha tristeza. Só que estas são as palavras que tenho e são estas palavras que vos enviarei.
Provavelmente o vosso galo até ganhou o bendito combate e provavelmente com a tamanha riqueza, que daí proveio o coronel até deixou de ir ao cais todas as sextas-feiras... O que considerando essa hipótese, as minhas palavras podem não chegar até si... Seria lamentável, pois mesmo não acrescentando nada à sua vida, gostaria de acreditar que não as escrevi em vão.
Coronel permita-me ainda dizer-lhe que admiro a sua coragem e determinação perante tanta adversidade e maleita. A desfaçatez da sua personagem ficará para sempre nos jardins da minha memória.
Um abraço sincero
tonsdeazul

_____________________
Nota: Esta carta assinala a abertura do desafio e não irá a votos.

Agradeço aos participantes e amanhã iniciarei a publicação das cartas a concurso. Até lá.

5 comentários:

Teté disse...

Então e não fizeste nenhuma carta para ir a concurso?

Depois diz quantas recebeste...

Resto de Bom Domingo!

Jinhos

tonsdeazul disse...

Teté: Fiz esta, mas claro não irá a votos. Não faria sentido. :)
Os participantes são quatro e todos muito bons. :)
Beijos

Anónimo disse...

Esta esta engraçada..Na minha opinião quando esperamos uma carta, neste caso, esperamos que esta seja escrita com vontade e porque havia necessidade de tal..por isso discordo, penso que embora tenham sido breves as tuas palavras foram com sentimento por isso acrescenta sempre algo na vida do Coronel..nem que seja pra aumentar o ego com a graxa que deste no fim..eheheh
Mas ganhaste uma nova fã da tua escrita continua assim..
bijinhos vane

Vane disse...

viste o que eu fiz??foram curtas as minhas palavras mas também ficaste contente em recebe-las..:)ehehe
bijinhos

tonsdeazul disse...

Vane: Obrigada pelas tuas palavras, mas olha que não concordo contigo. Muito sinceramente acho que a minha carta até não está grande coisa. Foi feita à pressa e por momentos até pensei que não iria conseguir escrever uma carta ao coronel... Beijos e conto com a tua participação na votação online.

Pinturas populares (últimos 30 dias)