quinta-feira, 3 de abril de 2014

Trilho da Praia do Barril

Percurso: Pedestre 
Localização: Pedras d'el Rei, Santa Luzia, concelho de Tavira
Distância aproximada: 3-4 km (ida e volta) 
Duração aproximada: 1h00 
Grau de dificuldade: Baixo 


O trilho da praia do Barril é um percurso integrado no Parque Natural da Ria Formosa, que tem início e término na Ponte de acesso à praia do Barril, em Pedras d'el Rei. 

Ao passarmos a ponte podemos fazer o trilho de comboio, mas não foi a nossa opção. O percurso pode então ser feito por terra batida ou por um passadiço de madeira, que nos acompanha até à praia. 

Enquanto caminhamos do lado da ria, podemos observar a extensa zona húmida de sapal, que nos leva até às dunas. Por esta zona podemos encontrar algumas aves como as garças e as gaivotas, os borrelhos, os alfaiates e os pernilongos. Mas, ao longo do percurso existem diversos pontos de informação que nos elucidam mais sobre a fauna e a flora envolvente. 

No final do percurso temos uma zona de apoio de praia e ao chegarmos à praia, encontramos do lado direito o tão famoso cemitério de âncoras.

Atualmente o espaço comercial da Praia do Barril, bem como a antiga armação de atum, a vizinha vila piscatória de Santa Luzia e a Estação Agrária de Tavira estão a ser impulsionados, desde o ano passado, pelo Projeto Barril. Este projeto, dinamizado por 12 jovens, tem como objetivo esbater a sazonalidade e criar um modelo que assente não só no sol e praia, como também numa forte aposta no "turismo sénior e acessível" e na "dieta mediterrânica".

Para terminar, refiro apenas que o trilho da praia do Barril é um daqueles passeios que sabe sempre bem em qualquer estação do ano!


4 comentários:

Teté disse...

As piores férias que passei na vida, em termos de condições, foi em Pedras d'El Rei. O aldeamento até era recente, mas foi numa ano de grande seca, só havia água 3 horas por dia. Ali perto não havia nada, o relvado estava todo seco e nós aos 20 e poucos anos queríamos ver gente e sair. E acabámos por nos ir embora e deixar lá os nossos pais, fomos para zonas mais movidas do Algarve, ter com amigos... :)

Nunca mais lá voltei! Nem fiquei com vontade - até o café era feito de água salgada! :P

Beijocas

tonsdeazul disse...

Poxa Teté! Isso é que são más recordações! ;)
Do aldeamento de férias nada sei, mas da praia gosto imenso. E quanto a café de água salgada... Bem nunca cheguei a provar. :p
Ah! E que tal voltares para ficares com melhores memórias? :)
Beijinhos

Teté disse...

Foi há muitos anos, tenho a certeza que as condições melhoraram e muito. Até porque aquilo teria ido à falência, se continuasse como estava naquele ano... :)

Jinhos

tonsdeazul disse...

Pois os algarves há uns anos não era nada do que é agora... ;)
Beijoca

Pinturas populares (últimos 30 dias)