quarta-feira, 9 de maio de 2012

"Os animais são todos iguais"

Brave, Robert Dunn, Reino Unido

«As suas vidas eram duras, é certo, e nem todos os seus sonhos se haviam realizado, mas tinham consciência de que eram diferentes dos outros animais. Se passavam fome, não era por alimentarem seres humanos tirânicos; se trabalhavam arduamente, ao menos trabalhavam para seu próprio benefício. Não havia entre eles nenhuma criatura que caminhasse sobre duas pernas. Nenhum deles tratava outro por «Meu amo». Todos os animais eram iguais.»
A Quinta dos Animais, George Orwell

4 comentários:

teresa dias disse...

Olá,
Que coisa mais gira!
Imagina que este seria o livro do meu próximo desafio. O parágrafo seleccionado era este: "Pouco mais tenho a dizer. Repito apenas, nunca esqueçam o vosso dever de inimizade para com o Homem e todos os seus usos e costumes. Todas as criaturas que caminham sobre duas pernas são nossas inimigas."
Lá se foi o meu desafio...
É uma fábula excelente!
Bjs e bom fim-de-semana.

tonsdeazul disse...

Oh! Não digas isso, Teresa! Não se foi nada o desafio! Nem todos os teus seguidores são os meus e além disso podem não andar atentos. Eu prometo não comentar lá a desvendar o desafio. ;)
Sem dúvida um excelente de leitura obrigatória.
Bom fim de semana!

Teté disse...

Bom e eu devo esclarecer que adivinharia o desafio da Teresa, que já li este livro há muitos anos e ficou-me na memória para sempre. Na época, traduziram o seu título para "O Triunfo dos Porcos". Como li emprestado, alguns anos mais tarde comprei-o na Feira do Livro, para ficar com um exemplar para mim... :)

Beijocas!

ps - Teresa, por mim podes pôr o desafio à mesma, que também não vou lá desvendar nada... :D

N. Martins disse...

...mas uns são mais iguais que os outros! Imperdível este pequeno grande livro de Orwell.

Pinturas populares (últimos 30 dias)