quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Prendas de Natal

The Gift Machine, Robert Dunn, Reino Unido

«Mas quem está a bater à porta? Como aquele grupo ruidoso para lá corre e arrasta a jovem!... Ela ri por aparecer assim despenteada àquele que entra: é o pai dos gaiatos turbulentos que reconheceram a sua voz, e vem acompanhado por um homem carregado de presentes de Natal. Oh!, quem salvará o transportador de todos esses presentes? Que assalto à sua pessoa! Um trepa por ele com a ajuda de uma cadeira, outro revista-lhe os bolsos; é a ver quem apanhará os embrulhos. Felizmente, em breve cada um tem o seu e o transportador pode esquivar-se.»
«Canção de Natal», in Contos de Natal, de Charles Dickens

3 comentários:

Teté disse...

Pelos vistos, o conto do Dickens bateu-te forte! Também gosto muito da ideia... :D

tonsdeazul disse...

Ehehe Sim, Teté!
Leituras de Natal têm de ter obrigatoriamente Dickens senão não é a mesma coisa! :)
Este ano decidi pegar em partes deste conto que adoro e transcrevê-lo um pouco todas as semanas até à véspera de Natal. Por isso aguarda mais um pouco que o último excerto está quase, quase a chegar. ;)

Prendas disse...

Obrigado por me sugerir um presente de Natal ..

Pinturas populares (últimos 30 dias)