sábado, 12 de julho de 2008

azul cor de Céu


Naquela madrugada o dia acordou ensonado. Bocejou e deixou-se estar. Ao despontar da manhã espertou do seu sono e espreguiçou-se por breves momentos para espantar a preguiça que insistia em querer ficar. Quando finalmente terminou o seu exercício matinal já o sol raiava.
Depressa escondeu as dispersas almofadas brancas, que por ali ainda andavam perdidas e num ápice vestiu o Céu com um infinito manto azul. Era de um azul tão azul como o azul cor de Céu!
Como o Céu já estava devidamente apresentável, o dia deixou-se ficar quieto e sossegado. O tempo que continuasse a fazer o resto!
O tempo deixou a manhã passar e a tarde chegou. Contudo, a tarde não gostou do tom de azul que a manhã lhe deixara e pintou outra demão de azul no manto que a cobria. O dia não interviu e deixou que a tarde pincelasse a sua tarde com um azul cor de Verão e de mar.
Ora, era bem verdade que o mar estava longe, mas deixava-se sempre tocar pelo Céu no horizonte! E aí o dia também não se metia!
Com o passar do tempo, o tempo deixou passar a tarde e a noite chegou. Já o dia adormeceu e a noite, a noite enegreceu o manto azul.
________________________
Nota1: Estas palavras marcam o final do desafio.
Por uma razão especial, desta vez os concorrentes não irão a votos. Como não há vencedores, nem vencidos fico aguardar a morada de todos os participantes na minha caixa de e-mail, para que eu possa enviar a prenda de cada um. Esta é a minha surpresa para os cinco que aceitaram o desafio. Obrigada a todos.

Nota2: A pedido de muitas famílias informo todos aqueles que ficaram de fora, mas com imensa vontade de participar, que podem enviar, durante a próxima semana, o texto ou poema. Será um extra-desafio, que terei muito gosto em receber na minha caixa de e-mail e publicar no tonsdeazul.
Beijos e abraços!

9 comentários:

su disse...

O tempo a seu tempo e a paleta das cores sucedendo-se a traços largos pelas mãos do seu mestre mais antigo...

Imagino um arco-íris carregado de cores que abandona a sua forma original para desenhar nos céus a palavra PARABÉNS, repleta a mesma de sonhos caindo a teus pés, tornados realidade.
Hoje a menina linda és tu! A nascer e a crescer na beleza do mundo que cria à sua volta. Felicidades e tudo de bom!!!


Beijinhos grandes.

humming disse...

Gostei tanto do teu texto... É o meu preferido. Está tão bonito. Foi um excelente acompanhamento para o início do fim da tarde...

E parece que fazes aninhos! Parabéns! Hoje é um lindo dia. Bom dia para nascer, 12 de Julho. :)

Beijinhos e obrigada por estas tuas iniciativas. Continua.

Kátia disse...

Um excelente "grand finale"!!

O desafio agora será enviar texto e/ou poemas tão bonitos quanto os que foram aqui apresentados.
Tentarei!

Continua tendo um dia feliz!

Beijo!

instantes e momentos disse...

lindissimo blog, gosto daqui, gosto muito daqui.
Parabens
Maurizio

tonsdeazul disse...

Obrigada a todos pelas palavras! Foi um dia feliz com a família, amigos, praia e sol! :)
Beijos e abraços

tons de vermelho disse...

o azul
é fixe ao natural
em qualquer tonalidade,
em todo o lado
a qualquer hora.


tá um texto porreiro.
continua!

carteiro disse...

este é o mais azul de todos os textos e está fabuloso :) é uma autêntica fábula pintada com as mais diversas camadas de azul.

dá-me vontade de fechar os olhos entre cada frase... como carteiro que gosta de sonhar, estas palavras embalam-me facilmente.

terminaste da melhor forma este desafio! estás de parabéns pela ideia e pelo sucesso dos textos. adorei participar e próximos desafios serão bem-vindos :)

vanda disse...

Parabéns pelo texto :)
Está verdadeiramente AZULÃO :)
beijinhos

Teté disse...

Este texto está mesmo pincelado em muitos tons de azul! Adorei! :D

(ainda bem que tiveste um bom dia)

Pinturas populares (últimos 30 dias)