sábado, 19 de julho de 2008

"ANJO AZUL"

Eu não sei quem ele é.Porém,todos os dias nos encontramos.
E ele me chega sorrateiro,sempre com um sorriso leve nos lábios.
Traz um olhar enigmático e firme que transmite ao meu a segurança de poucos.
Andamos lado a lado por uma esplanada.Ora em silêncio,ora sorrindo um para o outro,ora apenas desfrutando o momento.Para quê palavras?Se estamos juntos?

Quebrando então o vácuo fonético,ele convida-me para sentar e faz-me ouvir encantada as suas viagens,conta-me suas histórias que fornecem ao meu coração,a imunidade necessária para que eu possa avançar pelo mundo,sem pensar em suas mazelas.

Ah! e aqueles olhos negros?sempre fixos em mim,cheios de uma ternura incomum,observa cada expressão do meu rosto,como que querendo ler algo que talvez eu não estivesse claramente a expressar.

Espalmamos nossas mãos,num convite silencioso para continuarmos a andança com elas unidas.E partilhamos neste caminhar,um olhar específico para a lua,que hoje brilha cheia e intensa como nós.
Depois de bons momentos juntos,desfrutando desses pequenos grandes prazeres,ele se vai...da mesma forma que chegou.Ainda não sei quem ele é realmente e talvez nunca vá saber.

A única coisa que sei, é que ele é o mesmo que me veio,com suas asas quebradas.Molhado em pingos de uma chuva azul com pétalas de rosas vermelhas e envolto numa nuvem branca como algodão.

E eu sei que ainda o amo muito ou bastante em mim.

Mas,não sei quem é,pois eu nunca o vi concretamente,apenas imagino e... sinto.
Sinto todos os dias,sinto sempre.E ele é... o meu...anjo.
_______________________
Autora: Kátia (a ouvir "Anjo Azul" de Pedro Abrunhosa)

Blogue: http://www.prateteraqui.blogspot.com/

5 comentários:

Plim disse...

Sentir...

su disse...

Ele é o teu anjo...personificando o Amor...ou alguém que personifica o amor na imagem de um Anjo destronado de asas, sob a queda de chuva de gotas azuis...imagem poética e bonita.

E eu voltei a falhar quanto ao texto, mesmo perante um prazo atencioso da tonsdeazul... :(((
Quando sentia vontade de escrever não o podia fazer e nos poucos espaços ou momentos livres que tenho a inspiração desaparecia assim num ápice...andamos a brincar ao gato e ao rato (azuis!)...
Pois...pois...

Beijinhos XL para ambas!

O Autor disse...

Lindissimo!!!

Kátia disse...

Su...ele é "alguém" real,concretíssimo,vivo.

E sim,para mim este ser--quando chegou-me--veio personificando o Amor na imagem de um Anjo destronado de asas, sob a queda de chuva de gotas azuis...e a imagem embora poética,também é real...um dia talvez eu explique isso,não sei...

Agora...ele está longe,longe,longe.Porém,dentro de mim ele continua pertinho e coladinho em meu coração,embora faça força para desgrudá-lo.

E...Menina Tons de Azul:
O-B-R-I-G-A-D-A!
Ficou bonito o meu escrito por aqui.
Beijo e cheiro carinhoso para as Su's***... azuis! E Viva o Pedrinho Abrunhosa!
;)

Teté disse...

Um anjo azul, transformado em amor ideal? Sempre mística a "nossa" Kátia... com um texto magnífico!

Jinhos a ambas! :)

Pinturas populares (últimos 30 dias)