terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Olhar 1: "Um só olhar"

Olhar dorido
Cansado
Olhar de frente risonho
Escondido das névoas
Perdido nas ruelas
Olhar que mente e desmente
Que vive e morre
Quando o vento lhe assobia fins e princípios...

Olhar dormente
Esperando um beijo
Olhar silencioso
Gritando as cores dos sonhos
Olhar que flutua entre o sim e o não...

Olhar meu que é teu
Olhar teu que é único
Olhar nosso que construímos
Com tijolos de amor e sexo
Refrescante de luz e suor...

Olhar que perde rumos
Olhar que persegue fugas
Olhar que olha e não vê
Que olha e não quer ver

Olhar...
Um olhar e tantos olhares
Uma vida e tantas vidas
Tantos risos, tantos choros
Tantos olhares...
Num só olhar...

__________________________
Autor: Ruinzolas

Blogue: http://palavraformacirculo.blogspot.com/

5 comentários:

Anónimo disse...

tem sexo então voto neste.

Teté disse...

E quantos poemas são, pode saber-se?
Não me vou pronunciar sobre nenhum, até para não "influenciar" a votação... :)

tonsdeazul disse...

Teté,
Sim podes saber. Estão a concurso sete autores.
Quanto ao "influenciar"... quero acreditar que cada um terá a sua própria opinião! :)

Rogeriomad disse...

Um olhar para todos os gostos.
Deu gosto de o ler.

Será forte candidato a ganhar.

MS disse...

Um olhar que me despertou para tantos e tantos sentires, que me deixou perdida no meu não olhar e onde encontrei o outro olhar dos meus sonhos!

Pinturas populares (últimos 30 dias)