sábado, 12 de junho de 2010

Vereda da Ponta de São Lourenço

Percurso: Pedestre (PR 8 Vereda da Ponta de São Lourenço)
Localização: Baía d’Abra, Caniçal, Madeira
Distância aproximada: 8 km
Duração aproximada: 2h30
Grau de dificuldade: Médio, com algum declive

A vereda da Ponta de São Lourenço tem início na Estrada Regional 109, na Baía d'Abra (77 m) e termina neste mesmo local.
A título de curiosidade, refiro que este trilho tem o nome da caravela de João Gonçalves de Zarco, um dos três descobridores da ilha da Madeira, que ao aproximar-se deste local gritou à nau de seu comando “Ó São Lourenço, chega!”.

Esta península é de origem vulcânica e no seu seguimento encontram-se os ilhéus dos Desembarcadouros e da Ponta de São Lourenço.
É possível encontrar ao longo do percurso várias espécies de aves como o Corre-caminhos (Anthus bertheloti madeirensis), o Canário-da-terra (Serinus canaria canaria), o Francelho (Falco tinunculus) e entre outras espécies. A Lagartixa (Lacerta dugesii) também é muito abundante neste local.

No final do trilho temos a casa do Sardinha, local onde se encontra uma equipa de Vigilantes da Natureza, e o cais do Sardinha propício para desfrutar de uns bons mergulhos. Na linha do horizonte é ainda possível observar a Sul as ilhas Desertas e a Norte a ilha do Porto Santo.



5 comentários:

Graciela disse...

Un lugar de ensueños! La naturaleza aún virgen, como para explorar con asombro. Sólo las aves parecen ser las dueñas de ese paraíso.
Muy bonito!
Besos azules!

tonsdeazul disse...

Sim este lugar é maravilhoso! Foi um dos lugares que mais me surpreendeu na Madeira. Toda a envolvência é lindíssima. Fez-me lembrar um pouco as montanhas da Irlanda, apesar de nunca ter estado na Irlanda.
Besos azules! :)

Teté disse...

8km, com declive, 2h 30m e é um grau de dificuldade médio?!

Enfim, o passeio deve ser muito bonito, mas só para quem tem pernas rijas... :)))

Miguel Pestana disse...

Conseguiste subir até ao término, depois da Casa do Sardinha?


Eu não! É muita inclinação pra mim.

tonsdeazul disse...

Não Miguel, não fiz essa parte do percurso, porque o tempo estava incerto e começou a chover. Não era muito aconselhável continuar a caminhada, por isso voltamos para trás.
Aqui a vista também é deslumbrante! :)

Pinturas populares (últimos 30 dias)