terça-feira, 23 de outubro de 2007

ausências...


Encontros...
Silêncios...
Sonhos...
Retalhos...
Vazios...
Pensamentos...
Palavras...
Partidas...
Desencontros...
Ausências...
Silêncios...

11 comentários:

mixtu disse...

por vezes temos que nos ausentar e que oiçam os nossos silêncios...

abrazo europeo

O Profeta disse...

NEM SEMPRE O SILÊCIO MORA NA AUSÊNCIA...


Beijinho

Miguel disse...

Gostei ...!

Às vezes estamos presentes mesmo quando ausentes ...!

Bjks da M&M & Cª!

un dress disse...

muita matéria no silêncio.

donde é possível

nascer a música...?





beijO

Teté disse...

Como a Su uma vez disse num dos seus posts, há silêncios que são ensurdecedores...

Nice weekend!

Miss Alcor disse...

Que fotografia maravilhosa!!!!

carteiro disse...

Repetem-se os silêncios entre o crepitar de cada folha seca que vamos, por aí, pisando.
São só estas, por agora, as palavras que me saem para além das minhas ausências..

su disse...

Foto excelente.
Os silêncios podem ser urgentes.
Podem até mesmo ser uma outra espécie de grito dado de outra forma.
Mas tudo é cíclico!
: )
Entre uma lágrima, um sorriso, outra lágrima, outro sorriso...assim vai o mundo.

P. S. Não queres para aí um postal aqui da minha zona?! Só preciso de destinatário!

Beijinhos grandes.

Utzi disse...

Como custam as ausências...

Um beijo cheio de carinho :)

carteiro disse...

Faz-se sentir a ausência das tuas palavras por aqui, que dão um certo vazio a tudo isto. Um silêncio a respeitar, sem dúvida, mas cheio de um 'secreto' desejo por novas palavras envoltas nesses tons que só por aqui despertam.
Um abraço cheio de selos.

su disse...

Renovação do pedido que te fiz anteriormente!

Estou a ver que te fazem falta umas doses de canudos de castanhas assadas!

Beijinhos.

Pinturas populares (últimos 30 dias)