quinta-feira, 18 de outubro de 2007

uma Alma

Vista do Marvão
O que somos não pode ser transposto em palavras ou livros."
Fernando Pessoa

7 comentários:

Canochinha disse...

Mais uma vez, Fernando Pessoa diz aquilo que todos pensamos mas só ele consegue dizer ;)

mixtu disse...

... em sentimentos,

abrazo europeo

un dress disse...

somos uma soma.

do que

fazemos

do que

escolhemos

.do rio

que corre

por dentro

mais a poesia de

existir

mais

o silêncio


?


mais a urgência

mais o devir


...?




beijO

Teté disse...

O poeta a explicar em poucas palavras, aquilo que é indizível - o que somos!

Bom fim de semana!

su disse...

Porque muitas vezes as palavras não chegam para dizer tudo o que se quer, tudo o que se sente e no modo ou jeito como se pretende.
Apenas somos. Existimos...e que isso nos bastasse. Mas nunca basta.

xxx

O postal foi uma surpresa muito mas muito agradável! MUITO OBRIGADO! Valeu por um GRANDE SORRISO aqui nesta outra "su"! ;)

Beijinho GRANDE!

Miss Alcor disse...

As palavras nunca são suficientes para traduzir o que nos vai cá dentro. No entanto esta é uma verdade que não se aplica a todos!
Os artistas, os verdadeiros artistas, como o Pessoa, conseguem perfeitamente delimitar momentos, sensações e transmitir o que nos vai na alma.
Mas aí ele tem razão: a verdadeira essência não pode ser transmitida por palavras, porque é simplesmente demasiado complexa!

carteiro disse...

Pois não... pois não. E o Outono está sempre por aí para nos lembrar disso, ou para nos fazer ver que é maior a dificuldade quando pensamos em fazê-lo.
Um pouco como certas imagens. Podemos descrevê-las mas não pode ser transposto em palavras a forma como as vemos.

Pinturas populares (últimos 30 dias)