terça-feira, 6 de abril de 2010

"Sargo, o menino que tem nome de peixe"

«Mas a conversa é interrompida por um barco que interrompe também o mar, um barco que se chama Lúcia Maria e que não é o maior, mas é o mais bonito porque é o barco do tio Nelo, que vem lá dentro com o meu pai, todos com botas até cima, jardineiras, camisolas de lã e peixe até às orelhas. Há muita algazarra, cordas, acenos e coisas a voar que não parecem de voar. A mãe pousa-me, corre para lá, o Lito vai atrás e é bonito como brinquedos em montras... ver todos os que eu gosto juntos numa coisa que parece uma festa... só que não é bem.»
O Mar Que a Gente Faz, de João Negreiros

2 comentários:

Filipe disse...

Este é um conto... delicioso... isso vos conto! Faz reavivar a visão da nossa infancia...

t i a g o disse...

Ontem li o excerto do site da Saída de Emergência, acerca deste livro, e fiquei bastante entusiasmado. Gostava de adquirir este livro :)

Boas leituras!

Tiago

PS: A ver se também pesquiso acerca d' Os Ossos do Arco-Íris :D

Pinturas populares (últimos 30 dias)