terça-feira, 21 de julho de 2009

"Fahrenheit 451 -

- a temperatura a que um livro se inflama e consome..."

«- Não é apenas a morte dessa mulher - continuou Montag. - A noite passada, pensei em toda a gasolina que tenho espalhado, há dez anos para cá. E pensei nos livros. E, pela prmeira vez, notei que, atrás de cada um desses livros, estava um homem. Um homem que os tinha concebido. Um homem que tinha passado o seu tempo a escrevê-los. E, até agora, nunca essa ideia me tinha aparecido. - Saiu da cama. - Algumas vezes, é necessária toda uma vida a um homem para pôr as suas ideias por escrito, olhar o mundo e a vida à sua volta; e eu chego e bum! Em dois minutos tudo se acaba.»
«A fornalha e a salamandra», in Fahrenheit 451, de Ray Bradbury

4 comentários:

Teté disse...

Oh, pá, esse livro já a Su recomendou há um tempão (não sei se neste se no anterior blog) e eu, na altura andei à procura dele e não encontrei, na FNAC disseram-me que não tinham...

Enfim, tenho de voltar a insistir, pode ser que tenha apnhado um funcionário "nabo"! Ah, e também há um filme antigo (talvez dos anos 50) sobre o livro, mas esse nunca vi.

Beijocas!

su disse...

Esse é um GRANDE mas GRANDE livro. Dos que entram sempre no meu top! :)
Vi o filme que adorei...mas o livro...bem, fascinante...forte, "estonteante"!

AMIGA, OBRIGADO pelo postal! ADOREI o teu gesto. Lindo! :) Muitos beijinhos. E tu também fizeste anos há uns dias atrás, não foi? No dia 12? Corrige-me se estiver enganada, está bem?
Tudo de bom para ti!
:)

tonsdeazul disse...

Teté, olá
Pois eu também não encontrei em lado nenhum. Este é da colecção mil folhas do jornal "Público", que tive de pedir emprestado.
É um livro pequeno, mas com uma grande história.
Beijocas


Olá Su,
Então menina linda como estás? Faz tempo que não sei nada ti, mas fico contente em saber que a morada ainda é a mesma.
Não, não tenho de te corrigir, pois estás muito certa. :)
Beijinhos

mixtu disse...

mais um livro que não conheço...
que fala num tempo...

um homem

um conceber...

a vida com o seu tempo

os minutos que fazem parte dela

por norma para conceber são precisos mais do que 2 minutos
para destruir... é bastante 2 minutos

abrazo serranos...

Pinturas populares (últimos 30 dias)