sexta-feira, 20 de julho de 2007

Papel de carta


Ao receber este abraço lembrei-me do meu amigo carteiro e das suas palavras escritas no passado mês de Junho: "escrevam cartas!".
É bem verdade que cada vez menos se escreve para alguém em papel de carta. Os marcos de correio nas calçadas começaram a ser mais um adereço, do que uma necessidade. O ter tudo à mão de um simples clique alterou os hábitos. As palavras praticamente deixaram de sair de uma Bic Cristal. O som das teclas anuncia no pequeno ecrã as palavras, que a nossa caixa electrónica encarregar-se-á de enviar para a caixa electrónica do nosso destinatário.
Por estas razões, a Austrália Post apostou nesta campanha publicitária que está surpreendente e deveras tocante.
__________________
Nota: Obrigada lindinha pelo o envio deste mimo.

7 comentários:

Miss Alcor disse...

É verdade que escrever cartas se tornou imensamente raro.
Eu costumo escrever a uma amiga que está na Inglaterra e que não tem e-mail...
Outras vezes escrevo-as a mim própria. Escrever é uma maneira maravilhosa de libertarmos as nossas mágoas!

carteiro disse...

Não foi há muito tempo que vi os posters desta campanha. Para além de estarem lindíssimos, a intenção também o é.
Portugal também devia apostar em algo deste género.
As cartas são mesmo como um abraço! E onde há a magia de poder sentir-se esse abraço cada vez que relermos uma carta.

Obrigado por te teres lembrado de mim e do meu post.

tonsdeazul disse...

Miss Alcor: Pois... a verdade é mesmo essa.
Eu escrevo muitas vezes para os amigos. Envio-lhes postais quando vou viajar. :)
Sem dúvida, que é uma forma de nos sentirmos melhor. eheh
Beijinho e boas escritas

Carteiro: Então há mais que um? Boa!
E achas que me esqueceria de ti!? Claro que não.
Um abraço

CNS disse...

A tinta prolonga a torrente de sentimentos e emoções. O papel materializa-as. As cartas despem-nos de disfarçes. Revelam-nos, no tipo de papel, na caligrafia, na pontuação.

Gostei muito do teu espaço. Irei voltar.

Fábula disse...

publicidade espectacular! ;)

tonsdeazul disse...

CNS: Sem dúvida que sim. Concordo com as tuas palavras. É certo, que é mesmo assim. :) E por essas razões é que escrever é sempre tão pessoal e tão especial. :)
Fico feliz por teres encontrado aqui algo que te puxe a voltar novamente. Obrigada.

Fábula: É não é!? ehehe
Está mesmo um mimo. :)

un dress disse...

mas que delícia:)!!!





beijO

Pinturas populares (últimos 30 dias)