domingo, 24 de junho de 2007

Sombras do tempo

clique para aumentar
Quem me leva os meus fantasmas

Aquele era o tempo
Em que as mãos se fechavam
E nas noites brilhantes as palavras voavam,
Eu via que o céu me nascia dos dedos
E a Ursa Maior eram ferros acesos.
Marinheiros perdidos em portos distantes,
Em bares escondidos,
Em sonhos gigantes.
E a cidade vazia,
Da cor do asfalto,
E alguém me pedia que cantasse mais alto.

Quem me leva os meus fantasmas,
Quem me salva desta espada,
Quem me diz onde é a estrada?

Aquele era o tempo
Em que as sombras se abriam,
Em que homens negavam
O que outros erguiam.
E eu bebia da vida em goles pequenos,
Tropeçava no riso, abraçava venenos.
De costas voltadas não se vê o futuro
Nem o rumo da bala
Nem a falha no muro.
E alguém me gritava
Com voz de profeta
Que o caminho se faz
Entre o alvo e a seta.

Quem leva os meus fantasmas,
Quem me salva desta espada,
Quem me diz onde é a estrada?

De que serve ter o mapa
Se o fim está traçado,
De que serve a terra à vista
Se o barco está parado,
De que serve ter a chave
Se a porta está aberta,
De que servem as palavras
Se a casa está deserta?

Quem me leva os meus fantasmas,
Quem me salva desta espada,
Quem me diz onde é a estrada?

Pedro Abrunhosa

8 comentários:

Miss Alcor disse...

Grande música.
Mas espero que não estejas numa onda como a da música...
Força aí! :)

mixtu disse...

eu não levo fantasmas, aliás escrevi há pouco que já há cá que cheguem...
abrunhosa, na escrita... na música, nem tanto,
minha opinião
abrazo en un tren :)

tonsdeazul disse...

Miss Alcor: Eheh Não, não. Claro que todos nós temos os nossos fantasmas, mas os meus deixei-os por baixo da almofada. :D
Obrigada pela força. Está tudo numa boa.

Mixtu: Sim devo concordar contigo que prefiro as letras do Pedro Abrunhosa. Ele tem um estilo próprio que por vezes não me agrada, mas gosto do conjunto desta.
Um abraço e já estou ansiosa pelo nosso novo encontro. Ehehe

un dress disse...

De que servem as palavras
Se a casa está deserta?

grande pergunta de facto...!

não gosto particularmente do estilo do pedro no palco ou da música mas reconheço-o.me
nas palavras...


beijO

Rogeriomad disse...

Uma coisa neste cantor ainda não percebi...
ele canta ou puxa para cagar?

tonsdeazul disse...

Un dress: Sem dúvida que sim. Como disse ao Mixtu, ele é muito melhor nas palavras do que como cantor.
Beijo

Rogeriomad: Porque não lhe questionas directamente? :) Assim vias logo a tua problemática resolvida. Isto se ela te tem tirado o devido sono.
Um abraço

Rogeriomad disse...

Uma coisa que mais gosto nas músicas dele é quando ele aparece sem óculos...

srdopetroleo disse...

multem o poeta!

Pinturas populares (últimos 30 dias)