segunda-feira, 17 de julho de 2017

«Nasci quando a minha filha nasceu»

«Olá!
Eu sou a mamã cartoon.
Nasci quando a minha filha nasceu.
Antes era só a Sílvia, designer de joias e Yoguini
Que adorava comer plantas. Agora sou mãe... (Uau!)...
Adoro ser Mãe!»

Mamã Cartoon de Ana Sílvia Agostinho é um livro divertidíssimo! A autora partilha em imagens as suas vivências na gravidez, parto e o primeiro ano com a sua filha, Eva ("ervilha").

Qualquer mãe e/ou futura mamã irá re(ver)-se em alguns destes cenários hilariantes que  fazem parte a partir do momento que se fica a saber que a "cegonha" chegou ou está a chegar. Sim porque o que se idealiza nem sempre é a realidade! Ou quase nunca o é...

O livro Mamã Cartoon também emociona. Pois mostra em cada cartoon momentos hilariantes de como é realmente a vida de uma mãe! 
E isso é algo inexplicável! Quem o é sabe.

5 comentários:

C. Correia disse...

Adoro! :)

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Legal o título, mas seria mais original se fosse: acordei quando minha filha nasceu. Grande abraço. Laerte.

teresa dias disse...

O que é feito da mamã e da filhota?
Fazes aqui falta.
Beijo.

tonsdeazul disse...

Olá Teresa!
A mamã e o filhote estão bem. Têm sido meses muito intensos! :)
Tenho andado ausente daqui e tenho sentido a falta destas lides.
Beijinho com saudades

teresa dias disse...

Olá!
Gostei de saber que a mamã e o filhote estão bem.
"Bota" intensidade nisso, tenho dois, agora já crescidinhos.
Usufrui o máximo porque o tempo passa e eles crescem depressa... e a "coisa" perde um pouco a graça.
Já agora, a Mamã Cartoon - Ana Sílvia Agostinho - é minha sobrinha, uma mamã babada, um doce de pessoa, com mãos mágicas.
É filha da minha única irmã.
Beijo.

Pinturas populares (últimos 30 dias)