domingo, 4 de outubro de 2015

«Que povo este!»

Foto: Jornal Sol, 25-09-2012

«Que povo este! Fazem-lhe tudo, tiram-lhe tudo, negam-lhe tudo, e continua a ajoelhar-se quando passa a procissão.»
in Diário X, Miguel Torga (1968)

2 comentários:

MJ FALCÃO disse...

Que tristeza.Tanto desinteresse pela própria sorte. Tanta aceitação resignada, tons de azul. Tanto "fado" por aí a chorar- diria melhor tanto "fadinho"! A frase de Torga arrepiou-me. Mas não perco a esperança. Azul!

tonsdeazul disse...

Há que manter a luz da esperança acesa, MJ Falcão! :*

Pinturas populares (últimos 30 dias)