terça-feira, 23 de dezembro de 2014

"Até amanhã"

..., Raquel Díaz Reguera, Espanha

«É urgente o amor. 
É urgente um barco no mar. 

É urgente destruir certas palavras, 
ódio, solidão e crueldade, 
alguns lamentos, 
muitas espadas. 

É urgente inventar a alegria, 
multiplicar os beijos, as searas, 
é urgente descobrir rosas e rios 
e manhãs claras. 

Cai o silêncio nos ombros e a luz 
impura, até doer. 
É urgente o amor, é urgente 
permanecer.» 
«Urgentemente», in Até Amanhã, Eugénio de Andrade

4 comentários:

Teté disse...

E quando olhei para a imagem só me lembrei da Nau Catrineta, que tinha muito que contar. Gostei do poema!

Feliz Natal e uma grande beijoca!

Isabel disse...

Feliz 2015!
Que traga muitas alegrias!
Beijinhos:)

Manuel Cardoso disse...

Feliz 2015, tons de azul. :)

tonsdeazul disse...

Obrigada meus amigos!
Um excelente 2015 para vocês! ***

Pinturas populares (últimos 30 dias)