quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Está a chegar a Festa do Cinema Francês!

Há alguns anos que tenho vindo a divulgar a Festa do Cinema Francês sempre que esta desce até aos algarves. Só que entretanto os mais distraídos, que vivem em Lisboa e Almada já a perderam e não tiveram a oportunidade de assistir a nenhum filme. Como este ano não quero que isso aconteça, decidi antecipar a divulgação, antes da 13.ª edição iniciar em qualquer uma das seis cidades anfitriãs. Para quem não gosta de cinema francês este festival não lhe há de dizer absolutamente nada, mas por estes lados já só se contam os dias!

Em Faro será, mais uma vez, o Teatro das Figuras a receber esta tão aguardada 13ª Festa do Cinema Francês. Haverá sessões diárias às 19h30 e 21h30 e o custo de cada bilhete é de 3,5€.

Entretanto já estive a ver o programa de Faro e aproveitei para fazer as minhas escolhas para este ano, que são as seguintes:
L’ART D’AIMER de Emmanuel Mouret (comédia)
«No momento em que nos apaixonamos, nesse instante preciso, produz-se em nós uma música muito especial. Ela é diferente para cada um e pode revelar acontecimentos inesperados…»

LE FILS DE L’AUTRE de Lorraine Lévy (drama)
«Ao entrar para o exército israelita, Joseph descobre que não é filho biológico dos pais e que foi trocado à nascença por Yacine, aquando de um bombardeamento que atingiu a maternidade onde nasceu. Joseph parte à procura desse outro rapaz, filho de uma família palestiniana, desencadeando um profundo revirar de identidades e convicções nos membros das duas famílias.» 

INDIGNADOS de Tony Gatlif (documentário)
«Partindo do manifesto “Indignai-vos”, enorme sucesso de vendas em 2010 do velho resistente anti-fascista Stéphane Hessel, Tony Gatlif revisita o movimento de ocupação de praças e lugares públicos desencadeado nas Portas do Sol, em Madrid. Relembrando os inumeros jovens em luta contra as políticas de austeridade e a cupidez do capitalismo financeiro, o realizador constroi uma narrativa que recolhe e expõe histórias e preocupações contemporâneas.» 

ZARAFA de Rémi Bezançon, Jean-Christophe Lie (animação)
«Um ancião africano conta às crianças que o rodeiam uma antiga história. Livremente inspirado na verdadeira história da girafa oferecida pelo Paxá do Egipto ao Rei de França em 1827, o filme conta a odisseia de Zarafa, uma girafa capturada, e as tentativas de um menino de dez anos, Maki, para levar Zarafa de volta ao Sudão.» 

UN HEUREUX ÉVÈNEMENT de Rémi Bezançon (comédia)
«Adaptado de um romance de Eliette Abecassis, Un Heureux Événement é uma visão íntima de uma maternidade sem tabus.» 

JE ME SUIS FAIT TOUT PETIT de Cécilia Rouaud (comédia)
«De repente tudo muda para Yvan: a mulher deixa-o para ir viver para a Tailândia e as filhas preferem viver com a tia. Deprimido e decidido a mudar de vida, pondera deixar Paris pela Bretanha. Mas, inesperadamente, tropeça numa mulher bonita e num filho que não é seu e aventura-se num plano de vida que nunca tinha imaginado.»

Lisboa, Almada, Faro, Porto, Coimbra e Guimarães estão prontas para receber esta festa e vós pretendeis ir? Já sabem o que não querem mesmo perder?

2 comentários:

Teté disse...

Também divulguei, juntamente com outras iniciativas que estavam a decorrer em Lisboa, no passado fim de semana! :)

Beijocas!

tonsdeazul disse...

E já foste ver algum, Teté? Ou deixaste passar...
Eu começo para a semana a minha maratona. :)
Beijocas!

Pinturas populares (últimos 30 dias)