terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Évora Monte que te deixas ver

Os caminhos são incertos, mas os pés mesmo doridos não querem parar. Um pé, chão... Outro pé, chão... Não querem parar. Um pé, chão... Outro pé, chão... Continuam a pisar o chão que os conduz até ao infindável cimo do monte. Até ao cimo do monte não vão parar.

Évora Monte

No cimo do escarpado monte vigia o Dominador de largos horizontes. Vigia aquele que, a grandes distâncias, se deixa ver e tudo vê. Deixa-se ver para desafiar o ofegante cansaço a subir até ao cimo do monte. Um pé, chão... Outro pé, chão... Não querem parar. Até ao cimo do monte não vão parar.
O barulho dos passos deixa-se de ouvir. A respiração acelerada quase já não se ouve. O silêncio, por fim... Chega.

Évora Monte

Ali está ele, o Imponente! Separado das suas muralhas. Isolado. A abertura da muralha aproxima-o do intimidado olhar que o espreita. A tranquila vila continua a deixar-se abraçar pela envelhecida muralha. Ele, o Majestoso, sabe que, de qualquer ponto do seu cume, assombra o alcance do olhar, de beleza e grandeza!

16 comentários:

mixtu disse...

conheço...
melhor, passei na estrada entre évora e estremoz e vi evora monte..

outros tempos
outros´pés...
outro chão, ora lusitano, ora castellano...

abrazo serrano

ps. algarve 2009? não sei, apenas te digo se comentaste no meu blog, serás viva daqui a um ano, yayaya

mixtu disse...

ps. no meu post anterior... carmiña diz que não consegue, só pelo google... tadinha dela, nem lhe vou dizer que vai morrer entretanto...
yayaya

Ad astra disse...

caramba...e vale mesmo a pena a caminhada

:) beijoca

Teté disse...

Que bom texto, que deu aqui prá nina perceber que afinal Évora Monte (que só conhecia do tratado que pôs termo à guerra civil), não é nenhuma localidade perto de Évora... ;)
Jinhos!

un dress disse...

não estou certa de conhecer.

talvez sim...

parece lindo. parado. exacto.




.beijO

Filipe disse...

Também eu lá caminhei... lado a lado com as tuas palavras! :)

Estrela do mar disse...

...não conheço Evora MOnte...mas trasportaste-me para lá através das tuas belas palavars e fotos...


Já agora, tem um lindo e colorido fds...


Beijinhosssssssss

Ad astra disse...

Bom fim de semana blue frind

kiss

su disse...

Não conheço e está na minha "lista" há que séculos...mas quando lá for levo na memória de certeza o roteiro das tuas palavras que fizeste em sua homenagem!!

Um beijio grande.

mixtu disse...

cuidado, avisa evora monte, vêm aí os espanhóis...

tonsdeazul disse...

Mixtu:
Shiu!! Eu estou a vê-los. :)
Deixa-os vir! Eles que venham...

Fábula disse...

ora aqui está uma boa sugestão de caminhada, espero poder aceitar um dia e lá ir marcar os meus passos e deixar-me marcar também... =)

Rogeriomad disse...

Muito bonito sim senhor.

Este castelo deve ser o mais parecido com aqueles que fazemos na praia.
Que grande balde que tiveram que encher para construi-lo...
CARAMBA!

O melhor deste castelo é a funcionária cobrar 2 euros pelos panfletos turísticos do castelo.
Uma vergonha!

Há sempre uma economia paralela a funcionar... na droga... no armamento... nas entradas dos castelos do IPPAR...
Mas temos de compreender...

ContorNUS disse...

Obrigada pela partilha... uma sugestão a aceitar para quem ainda não conhece ;)

Ad astra disse...

so passei para ver...azul

beijinho

Vertigo disse...

Gostei de cá vir.vou-te adicionar ao meu canto escuro,até porque,se és em tons de azul,já me conquistaste :)

Beijinhos

Pinturas populares (últimos 30 dias)