segunda-feira, 20 de fevereiro de 2006

Trilho da Ribeira de Algibre

Percurso: Pedestre
Localização: Alfontes, Concelho de Loulé
Distância aproximada: 5 km
Duração: 2h30 - 3h (aprox.)
Grau de dificuldade: Baixo
Cotas mínima e máxima do percurso: 50-196

Descendo por entre montes e vales, encontrámos a Ribeira de Algibre. Situada no interior do Concelho de Loulé, esta prima por uma beleza e uma luz única.
Caminhámos junto às margens onde podemos contemplar diferentes espécies de plantas aromáticas, tais como: trovisco e rosmaninho. Numa fase mais adiantada do percurso, observámos a Pinguela do Sr. Domingos (parecida a um teleférico). Esta em tempos, em época de cheias, servia para os habitantes locais, através da tracção manual num dos cabos, se deslocarem dentro de uma caixa de madeira.
Outros pontos de interesse são os dois moinhos: o moinho Esgalhado e o moinho das Fontes. Estes encontram-se quase escondidos, adormecidos e degradados (mais uma vez continua-se a deixar perder o património rústico). Seguidamente, deparámo-nos com um açude. Após mergulharmos nesta calma paisagem apetecível, recuámos e seguindo as marcas do trilho começámos a subir até aos 196 metros. Já no topo, a contemplação do Barrocal Algarvio vai até ao alcance da vista. As oliveiras e as amendoeiras em flor estão por toda a parte. “São sons, cores e perfumes bastante convidativos”.
Em meados de Março, façam uma pausa. Inscrevam-se e venham comigo à próxima caminhada. Para mais informações consultem o programa.

8 comentários:

natacha pereira disse...

Amiga deve ter sido muito interessante e divertido...
Estive a consultar o programa e talvez me inscreva na próxima caminhada.
Fiquei muito curiosa...

tonsdeazul disse...

Paisagem linda... o passeio deve ter sido fantástico. Para a próxima, quem sabe.
P.S- Pagam o almoço???? lol

ângela disse...

Pois é, pelos comentários k já ouvi por aki, foi mesmo espectacular!
Mas tu sabes amiga os sabados de manhã para mim são sagrados, tenho sempre muito k fazer: dormir, sonhar, dormitar, ficar a pensar na vida deitadinha e de olhitos fechados....
Sou mesmo a preguicite em pessoa, mas kem sabe pode ser k ainda te surpreenda e apareça um dia destes...

Miguel disse...

Foste conhecer o meu Concelho!
Muito bem!

Ainda bem que gostaste!

Uma boa semana!

Bjks da Matilde

eremita disse...

Isto cheira-me que é daquelas caminhadas em que o pessoal se arma em Indiana Jones e depois não têm rede para telefonar aos bombeiros porque estão perdidos no meio do nada :P

Romeno disse...

Aquilo devia chamar-se a ribeira das canas arrancadas...

depois do temporal a autarquia louletana nunca se preocupou em limpar as margens da ribeira!

Enfim mais um dos muitos locais naturais que estão ao abandono!

gastaram cerca de 3000 mil contos em 1998 para a recuperação do Açude. Juntaram umas pedras que lá estavam com o areia barrenta que lá existe... e está feito!

mas valeu...

pela guia! ahahah

malucos!

Romeno
ober!

365dias disse...

bem, quando for a Loulé já tenho programa para a serra, hummmm

tonsdeazul disse...

natacha: não te esqueças é de efectuar a inscrição com antecedência!! Senão...

tonsdeazul: cada um leva o seu.

ângela: fico à tua espera!

miguel: gostei sim. Boa semana também para ti e claro beijinhos à Matilde.

eremita: :) seria ainda mais engraçado!

romeno: concordo, mas aquilo não deixa de ser bonito. E olha que na próxima não sei se vais ter tanta sorte, pois será UM guia!! :)

365dias: digo o mesmo que disse à natacha, não te esqueças de te inscrever.

Pinturas populares (últimos 30 dias)