domingo, 7 de julho de 2013

a espera

Jardins do Palácio da Pena em Sintra, Portugal

Ele chamava-lhe “minha princesa”, sempre que se encontravam nos jardins do Palácio. Ela sorria e sentia-se realmente como uma verdadeira princesa! 
Naquele dia de neblina, ela chegou cedo. Sentou-se e esperou por ele no mesmo lugar de todos os dias, mas ele não apareceu. 
Nos dias seguintes, o banco de pedra voltou a esfriar. 
Os dias foram dando lugar a meses e a anos... Ele nunca mais lhe chamou de “minha princesa”. 
Na verdade, aquele lugar recôndito deixou de espreitar os dois amantes.

8 comentários:

Teté disse...

Bela foto, com texto em sintonia... :)

Beijocas!

Carlos Rocha disse...

Que sou eu que não mais que um bicho vivendo permanentemente no escuro da sua caverna? Raras são as vezes que esse bicho que sou espreita o mundo para lá da sua segurança. Mais raras ainda são as vezes que ele, pela mão de outrem, se arrisca a percorrer caminhos além da sua zona de conforto. E só porque uma mão amiga o leva. Houve em tempos uma mão que quase aí o levou. Quase. Perdeu esse bicho a oportunidade de tornar ao escuro da sua caverna um pouco mais feliz.

tonsdeazul disse...

Obrigada, Teté!
Quando vens para uns dias de sol e praia nos algarves? ;)
Beijocas


Lindíssimo texto, Carlos! Estás sempre a surpreender-me!
Adorei, mas o bicho não pode deixar de ser feliz, porque não há mais formas de se viver! :)
Um abraço amigo

Teté disse...

E não podia deixar de passar por aqui, a deixar um beijinho de parabéns, no dia de hoje! :)

Quanto às férias está complicado, que não sei bem em que dia vou, pois o maridão vai ter de ficar por Lisboa! Mas ainda será este mês... depois digo-te alguma coisa! :D

Aproveita bem o teu dia e muitas felicidades!

Isabel disse...

Bela foto! Tem lindo ar de mistério!

12 de Julho é o teu aniversário?

Bom fim-de-semana! :)

tonsdeazul disse...

Também achei, Isabel!
Sim faço anos no dia 12. É uma data bonita, não achas? ;)
Beijinho

Nina Porcelain Lennitta disse...

Ei! Que é lá isso? Desencontraram-se... ele não deve ter percebido bem qual era o sítio onde a devia esperar, certamente... lá pensaram em mudar de sítio, ele achou que era mesmo para mudar, ela achou que não. Foi apenas um mal entendido. Estou certa que acabaram a contactar-se por pombo correio ou telemóvel e lá se foram encontrar num sítio que ficasse mais a jeito para os dois ;) Sim, porque o critério de escolha do novo sítio não pode ter sido baseado em critérios de beleza, apenas em critérios utilitários, certamente.

Acho que lhe chamou "minha princesa" muitas outras vezes, embora, talvez, em outro local. ;)

Beijinhos!

tonsdeazul disse...

Nina Porcelain Lennitta,
Deixa-me dizer-te que adorei estas tuas palavras tão positivas e engraçadas. :)
Sim talvez ele lhe tenha chamado muitas outras vezes de "minha princesa"! ;)
Beijocas

Pinturas populares (últimos 30 dias)