terça-feira, 10 de maio de 2011

a curva de um sorriso...

Gentils Petits Monstres, Karin Jeanne, França


... permite que o caminho não seja sempre a direito.
Esta minha jornada está quase, quase a chegar ao fim...

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Momentos históricos

Dublin já espera por vós,
com pronúncia do Norte! ^.^
Braga - F. C. Porto

segunda-feira, 2 de maio de 2011

o magpie e o folclore irlandês

St. Stephen's Green em Dublin, Irlanda

A Irlanda é povoada por corvos, mas um dos pássaros mais bonitos que avistei quando aqui cheguei foi o Magpie. Este é da família dos corvos. Também é preto, mas tem o peito branco e a cauda azul. É lindíssimo e muito inteligente.

Em conversa com alguns locais, fiquei a saber que os primeiros Magpies que migraram para a Irlanda foram para Wexford, mas agora podemos avistá-los por toda a Irlanda, tal como aos corvos. Disseram-me ainda que os Magpies gostam de coleccionar objectos brilhantes. São uns autênticos ladrões! Sempre que têm oportunidade guardam no seu ninho, anéis, pulseiras, brincos e outras peças reluzentes que encontram perdidas ou não. São uns apaixonados por objectos cintilantes!

Existe ainda um velho ditado irlandês que partilho na versão original: "Ireland will never be rid of the English while the Magpie remains".
Outra coisa que fiquei a saber, desta vez num dos meus passeios até Dingle, é que o Magpie também tem uma lenda associada a ele, que é um género de lenga-lenga que também transcrevo na versão original:
"One for sorrow,
Two for joy,
Three for a girl,
Four for a boy,
Five for silver,
Six for gold,
Seven for a secret never to be told,
Eight a kiss,
Nine a wish,
Ten a bird you should never miss."

Assim, sempre que se vê o primeiro Magpie é usual dizer-se "Good morning Mr. Magpie",uma vez que avistar apenas um é sinal de mau presságio.
Já noutros tempos a versão popular era outra:
"One is sorrow, two is grief,
Three is a wedding, four is death,
Five heaven, six hell,
Seven the devil is ain sell."

Pinturas populares (últimos 30 dias)