quinta-feira, 12 de abril de 2007

Era uma vez... 3 - "A amêndoa vaidosa"

"Era uma vez uma amêndoa.
Grande, lisa, cor-de-rosa e brilhante, era a mais vistosa do pacote.
E era muito vaidosa e arrogante!
Tão arrogante que olhava com algum desprezo para as suas irmãs, que realmente eram mais pequenas, com formas menos perfeitas, e com menos brilho.
Ora, o pacote onde vivia a amêndoa da nossa história foi comprado pela mãe do João, na loja lá ao pé de casa.

Ela precisava dumas amêndoas para pôr a enfeitar na sua mesa, ao lado do folar, dos ovos-moles, do ninho de Páscoa e de outras iguarias.
Foi ao armário buscar uma bela taça de cristal e despejou para lá as amêndoas todas.

Estava a ajeitá-las quando o filho João entra na sala.
"Já viste mãe? Que amêndoa tão linda! E tão grande! E tão brilhante!
Vou comê-la já!"

E foi assim que a amêndoa mais bonita do pacote nem sequer assistiu ao almoço naquele domingo de Páscoa!"

________________
Título: "A amêndoa vaidosa"
Autora: Saltapocinhas
Blogue: http://fabulas1.blogspot.com/

11 comentários:

Anónimo disse...

É uma história mt gira, mas tem um final mt rápido e muito fechado!
Estas histórias de o "Era uma vez" conquistam por terem um final feliz ou por deicharem em aberto para cada um concluir como quiser!
Mas... o que interessa é ter principio, meio e fim e lá isso tem!
Bjokas

Miss Alcor disse...

Aqui vou dar um 10 também! Acho lindo o desfecho! Acho que não estou a facilitar a escolha, mas teve mesmo de ser! ;)

Anónimo disse...

Pois a parte que eu mais gosto é mesmo do final!
Bem feita!

OAutor disse...

Eu gosto de amendoas de chocolate!!! mas o final desta história tambem tem chocolate!!!

Rogeriomad disse...

Por amor de Deus...
Que Porra de História?

Se fosse neto deste(a) contador(a) de história adormecia logo na parte do título...

"Já viste mãe? Que amêndoa tão linda! E tão grande! E tão brilhante! Vou comê-la já!"

Ninguém diz isto!!!
As amêndoas comem-se e mais nada!
E quem diz que uma amêndoa é linda?
"Ai eu gosto mais das branquinhas..." Enfim...

As amêndoas são um fruto seco...
Este história está como as amêndoas...

Também compreendo que a Páscoa não é grande fonte de inspiração...

Rogeriomad disse...

Reli a história...
e peço desculpa por dizer que era uma história seca...

Esta história faz-me rir muito. Já pinguei na cueca de tanto riso...

É preciso ter coragem para escrever uma história destas...

Muito boa! ahah
Estou a rir muito... mas sem maldade!

Espero que o autor(a) não fique chateada/magoada comigo...

K'os disse...

ri-me muito ao ler a história, então a parte final, adorei
"Já viste mãe? Que amêndoa tão linda! E tão grande! E tão brilhante!
Vou comê-la já!"

(eu não gosto de amêndoas com açucar)

:)

Fábula disse...

pois é, a vaidade tem muito que se lhe diga, numa amêndoa então... ;)

Anónimo disse...

certamente não era uma amendoa mas sim um enorme calhau branco...
e o João partiu seis dentes e teve de ir de urgência para o dentista não festejando a Páscoa nunca mais!

GON DO MAR!
GON DO MAR!!
GON DO MAR!!!

Anónimo disse...

Eu sugeria que o Rogério fizesse uma história com a compilação do que "gostou mais" de cada uma... eu voto nisso!!

lol

Rogeriomad disse...

Apesar de ser crítico literário, não tenho jeito para a escrita.

Mas no final da votação vou pensar em fazer essa tal compilação...

Pinturas populares (últimos 30 dias)