quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Festa do Pinheiro

Pinheiro
O Pinheiro…
É aquela noite de Novembro,

Que parece não ter fim!
Que marca os encontros e reencontros;
Para os abraços e beijinhos
E para as conversas até de madrugada.

São as mesas cheiinhas de povo,

Onde não falta o caldo verde e os rojões com as batatas;
Nem os grelos e as papas de sarrabulho,
Com os copos sempre pejados de vinho.

É o cortejo que arranca à meia-noite em ponto,
Fazendo rufar os bombos e as caixas pelas ruas da cidade.
É o povo que se junta para a festa

E, entre um copo e outro,
Aguarda entusiasticamente pelo erguer do Pinheiro.


Pinheiro
As Festas Nicolinas celebram-se na cidade de Guimarães, sendo que o Pinheiro marca o início destas festas, no dia 29 de Novembro.
Uma noite que se prolonga pela madrugada, onde os bombos e as caixas marcam o compasso até ao erguer do Pinheiro, ao lado da Igreja de Santos Passos.
Podem descobrir mais sobre as Festas Nicolinas em
http://www.nicolinas.pt/
. Apareçam!

2 comentários:

Teté disse...

Bom, tu ou andas muito a Sul ou muito a Norte, em nenhum lugar onde possa aparecer de improviso... :)

Beijocas!

ps - os pinheiros deviam ser poupados aos sistemáticos cortes da época, não achas?

Rogeriomad [ausente] disse...

Estupidamente sóbrio, mas valeu bem a pena... pelas 3 miúdas que conheci!

Pinturas populares (últimos 30 dias)